Segundo dados do IBEVAR, período deve ser otimista para as vendas quando comparado ao ano passado

O consumidor brasileiro mostra mais disposição para gastar neste fim de ano do que no ano passado, segundo Projeção de Vendas, do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR). Dados do estudo mostram que as vendas no varejo ampliado, que inclui material de construção e automóveis, deve subir 3,74p.p. em dezembro, fechando com 96,85, em relação ao mesmo mês do ano passado. Em dezembro de 2018, o índice havia subido apenas 1,59 p.p. ante o mesmo mês de 2017, para 94,11.

Dentre as categorias que devem ter um desempenho mais significativo em dezembro deste ano, estão: veículos, motos, partes e peças (7,59p.p.), Livros, jornais, revistas e papelaria (4,27p.p.), móveis e eletrodomésticos (3,98p.p.) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, perfumaria e cosméticos (3,49p.p.).

Já as que devem apresentar queda são equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação (-2,40p.p.), tecidos, vestuário e calçados (-1,69p.p.) e combustíveis e lubrificantes (-0,26p.p.).

Sobre o IBEVAR

O IBEVAR – Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo – é uma instituição sem fins lucrativos, que se propõe a produzir conteúdo no setor de Varejo & Consumo, promover networking entre executivos que atuam nessa área e gerar negócios entre os participantes. O IBEVAR atua em conjunto com o PROVAR/FIA no desenvolvimento dos executivos de varejo. www.ibevar.org.br